domingo, 9 de novembro de 2008

Espiando e pensando

Hoje me faltou coragem pra ver o jogo do Grêmio. Falei com minha mamãe-gremista após o almoço e ela me assustou: "Filha, hoje é o dia. Dizemos adeus ou continua o eterno sofrimento até o último segundo de campeonato". Minha mãe sempre tem razão quando se fala do Grêmio. Me deu um medo tão grande de ver esse jogo, que preferi me trancar no quarto e esperar pelos gritos do meu vizinho tricolor. Não, nem pela internet eu acompanhei.

Lá pelas tantas eu olhei pro relógio e calculei que o jogo tava no fim. "Não acredito que vão empatar e deixar o São Paulo lá na frente!", pensei apavorada. Só me falta aquele time ganhar outro título! (Sim, detesto o São Paulo, MUITO!). Então me ocorreu um pensamento um tanto estranho. "Meu deus! Outro time precisa ganhar este ano. Se não for o Grêmio, me perdoe, que seja o Palmeiras, mas não fiquem nesse 0x0!"

Não deu dois minutos e alguém do prédio gritou "gooooooooooooooooooolllllllllllll" desesperado! Corri pro computador, mas antes de descobrir, a vizinhança gritava "Grêmiooooo! Grêmiooooo! Grêmio, Grêmio, Grêmioooooo! Lá lá iá..." e eu pensando "Só pode ser o Tcheco, só pode ser o Tcheco". Não deu outra. Não vi o gol e nem pretendo ver. Não vi o jogo, então não quero ver comentários nem lances. Pelo que li na Gazeta Esportiva, o Tcheco lançou a bola pra área, passou por todo mundo e entrou. Mais um gol como aquele contra o Sport: desajeitado.

A vitória aliviou um pouco a minha agonia, mas acho que vou me trancar no quarto no próximo jogo também. Quem sabe não dê sorte? Só espero que os vizinhos não vejam o jogo fora de casa.

4 comentários:

Gastão Cassel disse...

Andressa, tu perdeste de ver a jogada ensaiada do gol. O Tcheco fez que cruzou, mas chutou, os atacante fizeram que chegaram e não chegaram. Horas de treino orientados pelo gênio Roth. Seremos campeões, mas nãom or acaso.

Diego Zucolotto disse...

Durante a partida estava em um dos pouco locais onde não poderia sofrer qualquer contato externo: em uma sala de cinema.
Mas valeu a pena! Deu certo! Já estou de olho na programação dos cinemas para a próxima semana...

Adriane Canan disse...

Dessa!
Também não vi o jogo...Levei minha filha pra dar um passeio. Espiei uma tv, assim, como quem não quer nada, qdo ainda estavam em 0x0...Quando cheguei em casa, já estavam chamando o Faustão de volta pra tela!! Acho que devemos, TODOS, repetir o "ritual de afastamento" no próximo jogo..Beijo!!!

Flavio disse...

Assisti ao jogo em Blumenau com o meu pai, afinal era o niver dele....este ano já havíamos visto o 1º jogo do campeonato contra o SP...estamos invictos...sofrimento puro...vou ser sincero...eu esperava o pior...mas GREMIO é GREMIO...time duro de ser batido...raça pura...é o meu time..GRAÇAS A DEUS