terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Na mosca! Mas nem tanto...

A diretoria do Grêmio foi pontual nas contratações para a temporada 2010. Trouxe jogadores que já deram certo em outros clubes ou com boas chances de serem opções válidas no banco de reservas. Hugo é o pé esquerdo habilidoso que a diretoria tanto procurou durante 2009 inteiro. Borges tem faro de gol suficiente para fazer a torcida esquecer Maxi López, embora o argentino tenha a vantagem de ser melhor no jogo aéreo. Leandro não desiste nunca e bate bem na bola. William e Ferdinando vieram do Avaí com a vontade de se destacar em um grande clube. Maurício vem para suprir a vaga deixada por Leo, que já não vinha repetindo as mesmas atuações da época em que foi convocado para a Seleção Brasileira. Ainda tem o Douglas, meio-campista habilidoso e de toque fácil e preciso, que chegou hoje a Porto Alegre e já figura com a camisa Tricolor no site do clube.

Mas infelizmente a chegada de Douglas foi ofuscada pela notícia da venda de Réver, o melhor zagueiro em atividade no país atualmente, para o Wolfsburg da Alemanha por míseros 5 milhões de euros. Fruto de um contrato mal feito onde há uma cláusula que obriga o atleta a ser vendido por esta quantia, desde que paga a vista. Embora o negócio ainda não esteja 100% confirmado, tudo leva a crer que Réver é mais um a deixar o Grêmio por uma quantia irrisória. Para piorar, apenas 55% deste valor (pouco mais de 7 milhões de reais) vem para os cofres gremistas. Uma pena.

Resta ao clube fazer uma reposição a altura, e depressa. A torcida aguarda também o lateral-direito e, quem sabe, mais um ou outro atleta para completar o elenco para este primeiro semestre. Com o Gauchão e a Copa do Brasil como "obrigação", o Grêmio inicia 2010 melhor que 2009. Ao menos no papel. Vejamos os comandados de Silas na ativa, entrosados, trazendo taças para o Olímpico. Só assim a diretoria terá acertado realmente.

Um comentário:

o Cheff disse...

Poxa, encontrei esse blog sobre o time do sul e estou enviando o link de um texto que escrevi sobre o imortal há alguns dias:

Saudações tricolores.

http://degustandomemorias.blogspot.com/2009/12/imortal-tricolor.html